Coaching

Sobre Coaching

O coaching é um substantivo derivado da palavra coche, utilizado desde a Idade Média, atribuída àqueles que conduziam carruagens. No século XIX, a palavra passou a ser utilizada para designar professores em universidades como “tutores”, dando a eles a responsabilidade diferenciada na preparação dos estudantes para realização de provas.

Já na metade do século XX, o termo “coach” foi incorporado pelo esporte, em que o técnico dos atletas, principalmente de tênis e esqui, passaram a ter uma função que ia além das orientações específicas, assumindo o papel de motivar os profissionais, usando da teoria de que o maior oponente de um atleta não é seu competidor, mas suas próprias fraquezas e limitações.

Como muitos executivos, na época, eram adeptos de algumas práticas esportivas, principalmente do tênis, alguns deles começaram a levar os ensinamentos dos seus coaches para as organizações que lideraram e o termo passou a ser também levado ao universo corporativo, como um processo de desenvolvimento de competências - seja para o trabalho, ou no âmbito pessoal.

Oficialmente, atribui-se ao tenista profissional e treinador, Tim Gallwey, a autoria dessa terminologia para fins de desenvolvimento humano, quando em 1974 ele publicou o livro “The Inner Game of Tennis” (O Jogo Interior do Tênis), defendendo uma nova postura e pensamento para melhorar a performance dos atletas, baseando-se na importância da consciência comportamental e motivacional do indivíduo, a partir do seu autoconhecimento, para que ele se supere na sua interioridade e, então, possa superar os adversários - o mundo exterior.

Hoje há diversas frentes para se trabalhar o coaching, a depender do que a pessoa busca. Para conhecer as diferentes técnicas adotadas e os profissionais que possam te atender, avalie qual sua necessidade mais urgente para entrar em contato com nossos parceiros.

Fique por dentro

Deixe seu email e receba dicas e fique por dentro dos nossos eventos.